Escola Profissional de Fermil - Celorico de Basto

26
Mar 09

APLICAÇÃO TELEMÁTICAS:

 

          Este plano de analise visa identificar a localização (locais) e caracterizar (em termos de parâmetros de funcionamento) das aplicações necessárias para os vários níveis hierárquicos de infraestrutura de comunicação.

 

ARQUITECTURAS PROTOCOLARES:

 

          Identificar as arquitecturas protocolares necessárias para suporte das aplicações telemáticas identificada no plano anterior.

 

SISTEMAS DE CABLAGEM:

 

          Tem como objectivo a definição de todos os aspectos relativos ao sistemas de cablagem dos sob sistemas hierárquicos correspondentes as componentes LAN de um infraestrutura de comunicação.

 

TECNOLOGIAS DE COMUNICAÇÃO:

  

          Identificar as tecnologias de comunicação necessária para cada um dos sub sistemas hierárquicos para o suporte das aplicações telemáticas identificadas.

 

SISTEMAS DE GESTÃO:

 

          Este plano tem como objectivo caracterizar os aspectos relacionados com a gestão da infraestrutura em todas as suas componentes hierarquicas.

 

ASPECTOS DE SEGURANÇA:

 

          Deste plano resulta aspectos relativos com a segurança nos diversos niveis de modelo de comunicação em todas as suas componestes hieranquicas.

 

EQUIPAMENTO DE COMUNICAÇÃO:

 

          São todos os equipamentos necessários em cada um dos sob sistemas de comunicação.

 

 

 

publicado por tet às 19:22

25
Mar 09

            São sete camadas:

  1. Aplicação;
  2. Apresentação;
  3. Sessão;
  4. Transporte;
  5. Rede;
  6. Ligação de Dados;
  7. FISICA.

APLICAÇÃO:

A camada mais proxima do utilizador.

  • Fornece acessos dos ultilizadores ao "ambiente" OSI, atraves dos seus processos de aplicação bem como uma série de serviços de informação distribuidas.
  • Fornece serviços de rede ás aplicações do utilizador.
  1. Transporte de ficheiros ;
  2. Correio Electronico;
  3. Navegação (www).

APRESENTAÇÃO:

Permite independencia aos processos de aplicação sobre as diferenças de representação de dados.

  • Asegura que a informação enviada pela camada de aplicação é interpretada pela camada de aplicação do outro sistema.
  1. Formato e dados;
  2. Estrutura de dados;
  3. Conversão de dados;
  4. compressaão de dados;
  5. Encriptação de dados.

SESSÃO:

Fornece uma estrutura de comtrolo para a comunicação entre aplicações, isto é, controlo e disciplina do diálogo, establecendo, gerindo, e terminando conexões fim a fim, entre aplicações cooperantes.

  1. Sessão;
  2. Diálogo;
  3. Troca de dados.

TRANSPORTE:

Transferencia de informação extrema entre equipamentos.

  1. Independentemente do serviço de rede;
  2. Adaptação ao serviço de rede;
  3. Fornece recuperação de erros e controlo de luxo fim a fim.

REDE:

Establecimento, manutenção e fecho das conexões.

  • Não é necessário links directos. Fornece conctividades e seleção de caminhos entre dois sistemas terminais.
  1. Encaminhamento;
  2. Endereços Lógicos;

LIGAÇÂO DE DADOS:

Activa, mantem e desactiva um link fisico fiavel, estruturando a informação, em que as camadas superiores, em especial a 3, assumem  a transmição da informação será feita de formas transparente e sem erros.

  1. Endereços fisicos;
  2. Acssso ao meio fisico;

FISICA:
Lida com a transmição e recepção não estruturada de uma sequência de bits sobre o meio fisico, tratando em especial aspectos mecanicos, electricos funcionam em procedimento de acesso ao meio fisico.

  1. Débitos de transmição;
  2. Meio fisico;
  3. Conectores fisicos.

 

publicado por tet às 20:25

          O modelo de referencia de sistemas Abertos define as regras gerais de integração entre sistemas abertos, isto é sistemas que obedecem a normas universais de comunicação.

          O modelo OSI define princípios , conceitos e relações entre componente.

          O modelo OSI é geral e flexível, embora definido no contexto das redes de computadores que se desenvolveram durante a década de 70, continuam a ser usados como modelos.        

 

 

publicado por tet às 20:13

           Um protocolo é um conjunto de regras de comunicação entre entidades residentes na mesma camada em sistemas diferentes com excepção da camada protocolar mais baixa, esta comunicação é lógica da camada, comunicam usando o serviço da camada inferior.

  • entidades ;
  • sistemas.

          Um protocola tem 3 tipos de elementos:

  • Sintaxe ( código, nivel de sinal);
  • Semantica (manipulação de erros);
  • Temporizadores).
  •  

 

 

publicado por tet às 19:53

          Uma arquitectura de rede não pode ser baseada num modelo monolítico, por várias razões:

  • dificuldades de concepção e de desenvolvimento;
  • dificuldades de manutenção;
  • inflexibilidade.

 

PRICIPIOS DE UMA ARQUITECTURA  EM CAMADAS:

  • independencia entre camadas;
  • camadas adjacentes comunicam atraves de inter face;
  • valorização dos srviços.

VANTAGENS:

  • redução de complexibilidade;
  • possibilidade de induzir;
  • possibilidade de suportar;
  • concepção e analise;
  • simplificação de ensino.
publicado por tet às 19:44

          Uma Arquitectura de Rede é um modelo Arquitectónico abstracto que permite descrever a organização e o comportamento dos sistemas que constituem a rede. O modelo deve ser essencialmente funcional:

  • identificar as funções necessárias à comunicação;
  • organizar as funções em conponestes;
  • relacionar oscomponentes;

 

publicado por tet às 19:34

Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
27
28

29
30
31


subscrever feeds
arquivos
2010

2009

2008

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO